Fique por dentro
recent

Clique na imagem e conheça os produtos Hinode

Prefeito se casa com "noiva crocodilo" em cerimônia tradicional no México

O matrimônio faz parte de uma tradição milenar mexicana, que tem como objetivo levar sorte para os pescadores do Pacífico e paz para a comunidade

As celebrações de matrimônio acontecem de inúmeras formas em diferentes lugares ao redor do mundo, dependendo da cultura de cada povo e da forma com que o amor e o casamento são enxergados. Algumas tradições, inclusive, gostam de incorporar diferentes espécies na cerimônia, como no ritual mexicano que substitui a noiva por um crocodilo.

Com o objetivo de levar sorte para os pescadores do Istmo de Tehuantepec, no Pacífico, uma tradição milenar no país é seguida à risca em algumas localidades mexicanas: o prefeito da cidade deve se casar com uma “noiva crocodilo ”. E foi isso que aconteceu na última sexta-feira (30), quando Victor Aguilarand, prefeito de San Pedro Huamelula, desposou um réptil.

Segundo o portal The Mirror , a herança deixada por tribos maias precisa seguir algumas etapas: primeiro, o animal tem que ser batizado – e, depois, poderá se tornar "noiva".

No caso recente, na quinta-feira (29), o réptil recebeu o nome de “Princesa”. Um dia depois, ela ganhou os trajes oficiais da cerimônia, que incluem véu e vestido de noiva, e desfilou pelas ruas da cidade acompanhada por um grupo de músicos.

De acordo com uma tradição local, o casamento reptiliano traz sorte aos pescadores

Então, chegou o momento mais esperado: o casamento propriamente dito. Aguilarand e Princesa trocaram seus votos no prédio da prefeitura da cidade, acompanhados por uma multidão de convidados, e depois seguiram para a festa.

A Princesa (ou seja, a noiva muito estranha) é vista como um membro da realeza, que é capaz de levar paz e prosperidade para toda a comunidade , mas para isso acontecer, os noivos ainda precisam se apresentar para a população. "A dança que eles fazem é como uma oferenda para Deus, para agradecer pela terra, pela colheita e pelo peixe”, explicou um dos convidados da festa, de acordo com o site  The Mirror .

A encenação faz parte de uma série de homenagens ao patrono da cidade, São Pedro, porém, por mais que o noivo até mesmo beije a noiva - e os detalhes do ritual se assemelhem com um casamento ocidental, não há nada de romântico ou oficial na cerimônia.

A história por trás do casamento animal

Segundo o portal  The Sun , o  casamento simboliza a união de duas tribos indígenas: os Chontales e os Huaves – ou Mareños, que viviam em constante conflito durante o período pré-hispânico da história do México.

Depois de uma sangrenta guerra, um acontecimento inesperado foi capaz de unir os dois povos e trazer paz a região: o rei dos Chontales e a filha do rei dos Huaves se apaixonaram. Desde então, o prefeito da cidade e um crocodilo deve se casar para garantir que a paz, alcançada pelo amor que surgiu em meio às adversidades, seja mantida.

soudaquimanga

soudaquimanga

Nenhum comentário:

Postar um comentário

by: soudaquimanga (2011-2015) - Manga, MG. Tecnologia do Blogger.