make action GIFs like this at MakeaGif
Fique por dentro
recent

Clique na imagem e conheça os produtos Hinode

Temer destruiu o Ministério da Cultura

Extinção, troca de ministros, nomeações políticas, corte no orçamento: Michel Temer enfim conseguiu destruir o Ministério da Cultura.

Ao tomar o poder, Michel Temer extinguiu alguns ministérios, entre ele, o da Cultura. Poucos dias depois da extinção, ele voltou atrás e recriou o ministério da Cultura, cedendo aos protestos que vieram, sobretudo da classe artística e dos intelectuais.

Marcelo Calero foi nomeado para comandar a pasta.

Não foi longe. Alguns meses depois, Calero foi pivô de uma crise com Geddel Vieira Lima, que usou de suas atribuições de ministro da Secretaria de Governo para pressionar Calero a liberar obra de prédio embargada pelo Iphan, na Bahia. Geddel teria comprado um dos apartamentos. O caso culminou no pedido de demissão de Calero.

O ministério da Cultura caiu nas mãos de Roberto Freire.

Este comandou a pasta até o agravamento da crise com as revelações dos irmãos Batista e o escândalo da JBS.

Assumiu interinamente João Batista de Andrade. Ontem (16/06) menos de um mês depois de ter assumido, Andrade apresentou carta de demissão e afirmou que o ministério da Cultura se tornou inviável.

Andrade, que é filiado ao PPS, disse à Folha que motivaram seu pedido de demissão o corte de 43% do orçamento.

Enquanto isso, peemedebistas disputam o cargo pensando em ampliar base de ministérios por eles comandados.

soudaquimanga

soudaquimanga

Nenhum comentário:

Postar um comentário

by: soudaquimanga (2011-2015) - Manga, MG. Tecnologia do Blogger.