make action GIFs like this at MakeaGif
Fique por dentro
recent

Clique na imagem e conheça os produtos Hinode

Expedição sobrevoa o Velho Chico no Norte de Minas

Aeronaves de pequeno porte vão sobrevoar, ao todo, 2.700 km do Velho Chico; objetivo é fazer registros do rio.

Doze pequenas aeronaves da II Expedição do São Francisco sobrevoaram o Norte de Minas nessa quarta-feira (21), seguindo o curso do rio pelas cidades da região. Os pilotos e passageiros da viagem têm visitado as cidades ribeirinhas e feito registros aéreos do leito do Velho Chico por onde passam. A expedição começou no último dia 14, a partir da Hidrelétrica de Xingó, em Piranhas – AL, e deve percorrer 2.700 km no total.

O trajeto da expedição tem previsão de durar oito dias. O grupo, composto por pilotos, que são empresários e profissionais liberais dos estados da Bahia e de Minas Gerais, e amantes da aviação, pousou em Januária. Para muitos, foi a primeira vez no Norte de Minas. Para o empresário Gil Martineli, a recepção foi especial.

“É minha primeira vez na região e foi maravilhoso chegar até aqui, pela recepção das pessoas. A região é totalmente diferente, até as pedras, vegetação. Dá para ver o quanto o Brasil é diverso, lindo, e o Rio São Francisco também”, comenta.

De acordo com o organizador da expedição, Cleber Rangel, é preciso conhecer a situação de um dos rios mais importantes do país. Mostrar a beleza do Velho Chico ao Brasil é o foco da expedição. “Nosso objetivo é ver a situação em que se encontra o rio. É preciso demonstrar para a população, fazendo estes registros de vídeo, que há muitas coisas positivas e lindas no rio, além da história maravilhosa que tem o Velho Chico. Os ribeirinhos têm cultura própria, em cada cidade, região”, afirma.

O piloto Álvaro Brechbuhler, junto aos companheiros de expedição, aproveitou para conhecer uma fábrica de cachaça de Januária. Segundo ele, as riquezas naturais o surpreenderam. “O que se percebe é que é uma região muito rica, apesar de sofrer com a seca do Rio São Francisco. É uma região de potencial”, observa.

A chegada dos aviões na cidade chamou a atenção da população e foi marcada por festa. Antônio Lázaro é produtor rural na região de Januária. Para ele, ver as acrobacias feitas pelos aviadores no céu foi uma emoção inédita. “O avião amarelinho fez sucesso. Muito bonito, chamou atenção mais do que todos os outros. Gostei muito de ver”, brinca.

O empresário Dimas Tadeu é do Norte de Minas e vai acompanhar o grupo a partir de Januária. Ele é morador do Projeto Jaíba e se preocupa com o futuro das plantações da região, sobretudo pelo racionamento de água, que já é realidade.

“O rio precisa urgente de cuidados. É notório que baixou demais em relação aos outros anos. É muito preocupante. Toda área produtiva do Projeto Jaíba está em estado de alerta em relação ao baixo nível do Rio São Francisco”, destaca.

A expedição passou nesta quinta-feira (22) por Pirapora e segue nesta sexta-feira (23) para Três Marias. Na cidade a equipe encerra a programação oficial, com ações durante o período da manhã e tarde do sábado (24).
soudaquimanga

soudaquimanga

Nenhum comentário:

Postar um comentário

by: soudaquimanga (2011-2015) - Manga, MG. Tecnologia do Blogger.