make action GIFs like this at MakeaGif
Fique por dentro
recent

Clique na imagem e conheça os produtos Hinode

Estudo aponta Belo Horizonte como quarta cidade mais inteligente do Brasil

Belo Horizonte está na quarta posição entre as 50 cidades mais inteligentes e conectadas do Brasil, segundo o estudo Connected Smart Cities 2017, que a Urban Systems, especializada em inteligência de mercado, divulga esta semana. Minas Gerais ainda conta com quatro das 50 cidades mais inteligentes do Brasil no ranking geral: Belo Horizonte, Juiz de Fora, Uberlândia e Uberaba. Assim como no estudo divulgado em 2016, a capital se destaca também na categoria Meio Ambiente.

O estudo analisou 11 setores de mais de 700 municípios, a partir de 70 indicadores. Os setores são: Mobilidade, Urbanismo, Tecnologia e Inovação, Empreendedorismo, Governança, Educação, Energia, Meio Ambiente, Saúde, Segurança e Economia.

De acordo com o levantamento, a classificação da capital mineira se deve aos elevados índices de atendimento urbano de água e esgoto, além da cobertura do serviço de coleta de resíduos sólidos. A cidade também é destaque no ranking “Cidades Mais Verdes da América Latina”, desenvolvido pela Economist Inteligence Unit, devido às políticas para a qualidade do ar e da água. Além disso, anunciou, para 2017, um programa para a formação dos professores da rede Municipal em noções de meio ambiente, tanto no aspecto de prevenção quanto de correção.

Ainda de acordo com Connected Smart Cities, BH ganhou pontos no quesito Energia. A cidade assinou recentemente contrato de Parceria Público Privada (PPP) para a troca e manutenção de 180 mil pontos de iluminação pública e criação de 10 mil novos pontos de luz na cidade. Além disso, a capital mineira é conhecida como a capital solar do país, apresentando, em média, 400 m² de placas de energia solar para cada grupo de mil habitantes. Por fim, o ranking aponta também que Belo Horizonte é a segunda cidade mais inteligente em Urbanismo no Brasil, avançando 20 posições em um ano.

Resultado geral

O resultado do Connected Smart Cities 2017 mostra que São Paulo ficou em primeiro lugar no ranking geral, seguida por Curitiba (PR), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG) e Vitória (ES). A região Sudeste concentra as cidades mais inteligentes e conectadas, sendo seis municípios entre os 10 mais bem colocados. A região Norte é a única sem representante entre as 10 melhores – Palmas (TO) ocupa o 15º lugar.

O ranking também classifica as três melhores cidades por porte. Assim como nos parâmetros nacional e regional, São Paulo é a primeira colocada entre as cidades com mais de 500 mil habitantes. Vitória ficou com a melhor posição entre 100 e 500 mil habitantes (quinto lugar do ranking geral). Já Cajamar, no interior paulista, é a cidade melhor classificada com até 100 mil habitantes (36ª posição no ranking geral).

Nos rankings elaborados a partir de cada setor analisado, além de Santos que ficou com o primeiro lugar em Urbanismo, destacam-se também Belo Horizonte, primeiro lugar em Meio Ambiente, Vitória, como primeira colocada em Saúde, Vinhedo (no interior de São Paulo), no topo em Segurança, e a capital paulista, primeira em Mobilidade.

O ranking Connected Smart Cities considera conectividade como a relação entre os 11 setores analisados. Ou seja, o desenvolvimento só é atingido quando os agentes da cidade compreendem a capacidade de conexão entre todos os eixos. Exemplo disso é o fato de que investimentos em saneamento estão atrelados não apenas aos ganhos ambientais, como aos ganhos em saúde da população, reduzindo os gastos e a necessidade de atendimentos de saúde básica e, consequentemente, impactarão em questões de governança e economia.
soudaquimanga

soudaquimanga

Nenhum comentário:

Postar um comentário

by: soudaquimanga (2011-2015) - Manga, MG. Tecnologia do Blogger.