Eleições 2014

Image and video hosting by TinyPic

Urbano, o herói manguense, em ação

sábado, 6 de outubro de 2012

PF apura compra de voto em São João da Ponte

São João da Ponte - MG


11:02 - O clima foi tenso, nesta sexta-feira (5), no Norte de Minas, às vésperas da eleição. A Polícia Federal cumpriu mandado de busca e apreensão em São João da Ponte após denúncia de compra de votos.



Uma equipe comandada pelo delegado Eduardo Mauricio fez buscas em um posto de combustível, sede da coligação do candidato Márcio Antônio Campos (PMN), e em um sítio onde estariam as provas do crime. Nenhuma irregularidade foi encontrada. As requisições em branco de abastecimento de combustíveis em nome de vereadores foram apreendidas por precaução, disse o delegado.

Carreatas proibidas

Em Itacambira, carreatas dos dois candidatos a prefeito previstas para acontecer simultaneamente, hoje, foram canceladas. Durante reunião no Ministério Público, ontem à tarde, foi acordado ainda que qualquer outro tipo de ato publico está proibido, sob risco de prisão dos envolvidos por desobediência a uma determinação judicial.

A decisão foi tomada depois que o Ministério Público recebeu denúncia de que o tenente reformado Alan Kardec, partidário de Marcelo Veloso Bicalho, da coligação “Igualdade para Todos”, tinha colocado policiais a paisana armados, filmando os correligionários de José Francisco Ferreira, da coligação “Unidos por Itacambira”. O oficial confirmou que anda armado e que filmou os adversários, mas negou tê-los intimidado e amedrontando.

Atenção redobrada

De acordo com o comandante regional da Polícia Militar, coronel Franklin de Paula Silveira, as atenções serão redobradas em cidades como Coração de Jesus , Cristália, Glaucilândia, Itacambira, Josenópolis, Lagoa dos Patos, Padre Carvalho, Patis, Riacho dos Machados e São João da Ponte. Serão 2.450 policiais atuando nos 77 municípios da 11ª Região Militar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique na imagem e dê a sua opinião

Dê a sua opinião:

Qual a sua opinião sobre a interferência política na autonomia dos meios de comunicação?
Concordo que os políticos interfiram na publicação de conteúdos
Sou totalmente contra qualquer tipo de censura
Todo político tem que autorizar aquilo que é publicado a seu respeito
Não tenho opinião a respeito
Outra