Eleições 2014

Image and video hosting by TinyPic

Urbano, o herói manguense, em ação

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Ganho de votos de Dilma no 2º turno não tem relação com Bolsa Família

A discussão sobre o peso que o Nordeste teve na reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT), sobretudo nos municípios mais beneficiados pelo programa Bolsa Família, esconde um detalhe. Por mais que Dilma tenha tido votação expressiva nessa região no segundo turno, como é fácil comprovar, a candidata do PT venceu a eleição pelos votos a mais que conquistou fora do Nordeste e independentemente do Bolsa Família.

Campanha de Aécio manipula dados de pesquisa eleitoral

O publicitário da campanha de Aécio Neves (PSDB) à presidência errou. Manipulou dados de uma pesquisa eleitoral do Instituto Veritá a nível nacional para retratar o cenário de intenções de votos em Minas Gerais. "O estudo não foi feito com essa finalidade. Para Minas, foram 561 questionários. Não é confiável", disse o dono do Veritá, Adriano Silvoni, segundo a reportagem da Folha de S. Paulo.

Silvoni ainda disse que pediu a Paulo Vasconcelos, o publicitário, para deixar claro que os dados não representavam a realidade de Minas. O levantamento mostrava o tucano com 57% deixando para trás a petista, com 43%.

Ministério Público investiga servidores públicos em Minas Gerais

A Procuradoria Regional Eleitoral (PRE-MG) instaurou um procedimento para investigar 1.463 servidores públicos suspeitos de se candidatarem a vereador na eleição de 2012 apenas para terem direito a licença remunerada, o que configura improbidade administrativa; o levantamento da PRE foi feito com informações do TRE-MG, que cruzou dados sobre quem recebeu menos de 10 votos e teve despesas de campanha inferiores a R$ 2 mil; dos 379 candidatos a vereador investigados, 379 não receberam voto algum e 181 conseguiram apenas um voto.

Com trinca de ases, Dilma vira mesa a seu favor

Jogo vira a favor da presidente; com três cartas sobre a mesa, Dilma Rousseff barrou as apostas contra; investidores mandam sinais de aprovação tanto para Luiz Carlos Trabuco, Nelson Barbosa e Henrique Meirelles; presidente do Bradesco, ex-secretário-executivo da Fazenda e ex-presidente do BC são craques no jogo do mercado financeiro; eles conhecem atalhos para atrair investimentos, gostam de controlar despesas e tem vocação para o crescimento; conheça as chances de cada um.

Sul e Sudeste decidem eleição a favor de Dilma

Quem decidiu a eleição de Dilma foram o Sul e o Sudeste, não o Nordeste

Minutos depois do resultado que confirmou a reeleição da presidente Dilma Rousseff, uma onda de preconceito tomou as redes sociais. Internautas revoltados despejaram ódio contra nordestinos – ela venceu em todos os estados da região Nordeste.

Ofensas como essas não são novidade. Em 2010, a estudante de direito Mayara Petruso, revoltada com a eleição da presidente Dilma, soltou uma série de impropérios dirigidos nordestinos. Ela foi denunciada pelo Ministério Público Federal (MPF) e julgada por crime de discriminação ou preconceito de procedência nacional. A pena foi prestação de serviços comunitários e pagamento de multas.

Laudo da PF engavetado no governo FHC ligava Youssef à caixa de campanha de Serra e do próprio FHC

“Documentos começam a esclarecer por que o laudo de exame financeiro nº 675/2002, elaborado pelos peritos criminais da PF Renato Rodrigues Barbosa, Eurico Montenegro e Emanuel Coelho, ficou engavetado nos últimos seis meses do governo FHC, quando a instituição era comandada por Agílio Monteiro e Itanor Carneiro.

Nas 1.057 páginas que detalham todas as remessas feitas por doleiros por intermédio da agência do banco Banestado em Nova York está documentado o caminho que o caixa de campanha de FHC e do então candidato José Serra, Ricardo Sérgio Oliveira, usou para enviar US$ 56 milhões ao Exterior entre 1996 e 1997. O laudo dos peritos mostra que, nas suas operações, o tesoureiro utilizava o doleiro Alberto Youssef, também contratado por Fernandinho Beira-
Mar para remeter dinheiro sujo do narcotráfico para o Exterior.

Ministério Público abre processo contra procurador por ‘engavetar’ caso Alstom

O CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público) abriu processo disciplinar contra o procurador da República Rodrigo de Grandis por entender que há indícios de que ele descumpriu dever legal de sua função ao deixar parado por quase três anos um pedido de investigação da Suíça relativo ao caso Alstom.

O despacho do CNMP (órgão de controle externo do Ministério Público) aponta que ao final do caso Grandis pode receber a pena de censura, a segunda mais branda na lista de punições para procuradores e promotores.

Perito Molina confirma: Sarney votou em Aécio Neves

Veja abaixo o vídeo
Especialista, que atua em Campinas (SP), disse que filmagem com votação do ex-presidente não sofreu manipulações

Embora o ex-presidente José Sarney (PMDB-AP) tenha negado com todas as letras - inclusive em nota oficial - que votou no tucano Aécio Neves (PSDB) no segundo turno das eleições presidenciais, o perito Ricardo Molina, a pedido do iG, confirmou que as imagens que mostram a votação não sofreram trucagens e são autênticas.

Ex-tenente publica foto com suposta bala de fuzil e ameaça Dilma: 'É pra vc'

Mensagem foi publicada depois de confirmada reeleição da presidente. Ministério da Defesa diz que homem é ex-militar e segurava chaveiro.

Uma publicação que circula em redes sociais desde a noite do último domingo (26) traz um homem vestido com uma farda de tenente do Exército ameaçando a presidente Dilma Rousseff (PT). A legenda da foto em que o homem aparece segurando o que parece ser uma bala de fuzil diz: "Dilma... Essa é pra vc... Eu estou pronto! Só esperando o toque da corneta."

Justiceiros defendidos por Sheherazade são presos por associação ao tráfico, roubo e outros crimes

Policiais da 9ª DP (Catete) realizaram, na manhã desta quinta-feira, a operação “Chafariz”. Quinze mandados de busca e apreensão foram cumpridos e até o momento oito pessoas foram presas em flagrante. A ação, realizada nos bairros de Laranjeiras, Flamengo e adjacências, apreendeu diversos tipos de drogas, material para endolação, balança de precisão e armas. Segundo a polícia, um dos jovens presos tem envolvimento com a tortura e prisão de um menor a um poste, em caso de grande repercussão ocorrido no dia 31 de janeiro.

Desigualdade de renda é ‘muito maior’ do que se supunha, diz estudo

Os autores, Marcelo Medeiros, Pedro de Souza e Fábio de Castro, refinaram seu estudo, calculando índices de desigualdade para cada ano de 2006 a 2012, dados que apresentam hoje na reunião anual da Anpocs (Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais). A desigualdade medida pelo índice de Gini variou quase nada, de 0,697 até 0,704. Começa o período analisado em 0,697, termina em 0,689.

“Ou a fonte mentiu ou é má fé”: advogado de doleiro nega participação em “divulgação distorcida” da Veja

O advogado que representa Alberto Youssef, Antonio Figueiredo Basto, negou envolvimento na divulgação de informações que teriam sido prestadas pelo doleiro no âmbito da delação premiada, sobre o conhecimento de suposto esquema de corrupção na Petrobras pela presidente reeleita Dilma Rousseff (PT) e pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Asseguro que eu e minha equipe não tivemos nenhuma participação nessa divulgação distorcida”, afirmou ao Valor Pro. A informação de que Dilma e Lula sabiam da corrupção na Petrobras foi divulgada na sexta-feira passada pela revista “Veja”.

Clique na imagem e dê a sua opinião

Dê a sua opinião:

Qual a sua opinião sobre o Brasil a partir de 2015?
O Brasil vai continuar avançando no desenvolvimento econômico e em conquistas sociais
Vai haver mudanças no modelo de governo que vigorou nos últimos anos
Outro
Não sabe