Rádio SOUDAQUIMANGA

sexta-feira, 27 de março de 2015

Manga: 8% de aumento para servidores do município

Proposta foi encaminhada ao poder legislativo e resultará em investimento de mais de R$ 1,5 milhão com servidores.

O prefeito de Manga, Anastácio Guedes (PT), enviou a Casa Azul (Câmara de Vereadores), projeto de lei que prevê aumento de 8% para os servidores do município. A proposta será apresenta hoje, na segunda reunião ordinário do mês. A partir daí, a solicitação feita pelo executivo para o aumento segue para ser apreciada por comissões daquele poder e só depois será levado ao plenário. A expectativa é que em menos de 30 dias, caso não haja obstruções, o projeto possa ir à votação.

Manga: Em plena luz do dia, mais 3 lojas roubadas.

Rua Olavo Bilac - Centro - Manga, MG
A população de Manga volta a se assustar com a onda de roubos e furtos que dia após dia vão surpreendendo pela ousadia. Na tarde desta quinta-feira (26), num breve intervalo de tempo, três estabelecimentos comerciais localizados nas Ruas Olavo Bilac e Duque de Caxias no centro comercial foram alvo de ações criminosas. Informações de testemunhas indicam que pelo menos 2 elementos teriam participado dos roubos aos estabelecimentos comerciais.

Manga: Parceria com Cohab Minas resultará na construção de 200 moradias

Área em que será construídas as unidades
habitacionais - Manga, MG
As casas serão destinadas a famílias carentes identificadas por cadastro.

A cidade de Manga deverá ser beneficiada com a construção de cerca de 200 moradias em terreno localizado as margens da BR 135, na saída para Montalvânia, recentemente ocupado por dezenas de famílias. Neste sentido, a Prefeitura de Manga iniciou negociações com a Companhia de Habitação do Estado de Minas Gerais (Cohab Minas), para a viabilização do empreendimento. As casas a serem erguidas seriam repassadas a famílias carentes, mediante contrato de financiamento de longo prazo e em condições favorecidas, incluindo aporte de recursos subsidiados.

Manga: Início da obra do novo prédio do Mercado Público depende de uma assinatura

Depois de certa expectativa finalmente está tudo pronto para que o prefeito de Manga, Anastácio Guedes (PT), assine a autorização para o início da obra de construção do novo prédio do Mercado Público. A ordem de serviço deve ser dada nos próximos dias e resultará em investimentos de cerca de R$ 679 mil. A empresa vencedora do processo licitatório foi Reis Instalação de Serviços Ltda. com sede em Itacarambi, MG. Os recursos são provenientes de convênio firmado entre o município de Magna e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

MG: Criança de 4 anos morre após ser atingida por TV dentro de escola

Aparelho de TV caiu sobre a criança. Garoto teria pulado no suporte da TV durante uma brincadeira. Ele foi socorrido ao Hospital Municipal, mas não resistiu e veio a óbito.

Uma criança de quatro anos morreu depois que uma televisão caiu sobre ela, na sala de aula, em uma escola municipal de Governador Valadares, no Leste do Estado. Ryan Galvão brincava com um coleguinha da mesma idade e a suspeita é que os dois se dependuraram no suporte onde estava o aparelho que caiu sobre eles. O outro menino sofreu escoriações, mas passa bem. Segundo o secretário Municipal de Educação, Jaider Batista, trata-se de uma fatalidade mas as responsabilidades vão ser apuradas.

Norte de Minas: PM apreende arma com adolescente em escola

Menina de 16 anos disse que a arma pertencia ao seu irmão. Revólver apreendido estava com a com numeração raspada.

Uma arma de fogo foi apreendida com uma adolescente de 16 anos no fim da manhã desta quinta-feira (26), em uma escola da zona rural de Brasília de Minas, no Norte de Minas. Segundo a Polícia Militar, foi a diretora da Escola Estadual Francisco de Paula Antunes quem acionou a polícia.

Auteridade: a receita certa?

Peregrinações do austericídio

Estamos diante da imposição de uma solução única e religiosamente canônica para o controle da economia brasileira

Em suas peregrinações pelos caminhos escarpados do conhecimento, os especialistas abrigados nos pináculos da finança embrenharam-se nos descaminhos da “ingenuidade perversa” ao afirmar que os debates sobre política fiscal são eminentemente técnicos.

Estamos diante da imposição de uma solução única e religiosamente canônica para a desaceleração cíclica da economia brasileira: reconstruir a “credibilidade” do governo mediante a capitulação aos ditames da “austeridade fiscal e monetária”. Na comédia encenada nos palcos da Economia Política dos Mercados, os personagens entregam-se ao ilusionismo. Na farsa montada nos ambientes obscuros da finança descontrolada e manipuladora, a chantagem apresenta-se ao distinto público adornada com as vestes da confiança e da transparência. No teatro das vidas vividas por homens e mulheres de carne e osso, as medidas aviadas pelo ministro da Fazenda, Joaquim Levy, lembram uma parêmia popular, aqui reproduzida em sua versão para salões: “Os relho é que vareia, os lombo é sempre os mesmo”.

O Brasil explica a si mesmo

Estado patrimonialista, governo no breu, povo no limbo pela prepotência de uma elite predadora e irresponsável

O general De Gaulle não tinha uma boa opinião a nosso respeito. Disse um dia: “O Brasil não é um país sério”. Meu pai dissera algo mais preciso bem antes do que ele, começos da década de 50: “A situação aqui é sempre grave, nunca séria”. Tudo depende do significado que se atribui ao qualificativo. Vejamos. A crise política, econômica e social que o País enfrenta agora é seriíssima.

Fim do Brasil? Operário de Pernambuco acham que não

Enquanto líderes da oposição vendem a 'desindustrialização' do País e alguns catastrofistas do mercado financeiro falam até em 'fim do Brasil', a Fiat apresentou, em Goiana (PE), o Jeep Renegade, que será produzido na sua fábrica pernambucana; também nesta terça, o Banco Central anunciou o volume de investimentos diretos recebidos pelo País em fevereiro: US$ 2,8 bilhões; alta do dólar favorece uma política de substituição de importações que fará com que bens de maior valor agregado, em vez de importados, sejam produzidos localmente; durante muitos anos, Goiana foi conhecida apenas por um lendário restaurante onde se vendia um famoso caranguejo; a partir de agora, é o mais novo pólo industrial do País.

Agência de notícias protege FHC em matéria sobre corrupção na Petrobras

Agência de notícias publicou por engano uma indicação do editor - "podemos tirar, se achar melhor" - em um parágrafo que destacava a delação premiada do ex-diretor da Petrobras Pedro Barusco sobre a corrupção na Petrobras ter começado no governo de Fernando Henrique Cardoso, em 1997; tema foi um dos mais comentados no Twitter, com a hashtag #PodemosTirarSeAcharMelhor.

Clique na imagem e dê a sua opinião

Dê a sua opinião:

Qual a sua expectativa em relação à Manga nos próximos 4 anos?
Se transformará em um dos municípios mais prósperos da região
Não haverá mudanças expressivas em comparação com a realidade atual
Enfrentará mais problemas do que atualmente
Outro