Eleições 2014

Image and video hosting by TinyPic

Urbano, o herói manguense, em ação

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

CNT/MDA: Dilma 50,5%; Aécio 49,5%

Pesquisa encomendada pela CNT (Confederação Nacional dos Transportes) aponta a presidente com 50,5% dos votos válidos, contra 49,5% do candidato do PSDB; em votos gerais, contando brancos e nulos, a vantagem é a mesma para Dilma Rousseff, que tem 45,5% ante 44,5% de Aécio Neves; mostras da semana passada apontavam empate técnico, mas com Aécio numericamente à frente; primeira pesquisa do segundo turno do instituto MDA foi realizada sábado e domingo, portanto antes do terceiro debate presidencial, exibido ontem à noite pela TV Record; margem de erro é de 2,2 pontos percentuais; Ibovespa acentua queda após divulgação da pesquisa.

Matias Cardoso: Mais uma vítima do “mundo das drogas”

Mais um crime relacionado ao mundo das drogas. Neste domingo (19), por volta das 11h foi encontrado em sua residência em Matias Cardoso o corpo de Francisco Ferreira Vargas Júnior, conhecido popularmente por Chiquim, filho de Chico Soldado. Conforme informações da Guarda Municipal de Matias Cardoso (GMMC), o mesmo foi vitimado por golpes de faca, vindo a falecer no local.

Dilma vence debate na Record que foi tranquilo se comparado ao do SBT

Por Renato Rovai. debate no SBT foi ruim para os dois candidatos. O que deixa isso claro é a mudança de postura de ambos no debate que acaba de se encerrar na Record. Os candidatos tiveram uma postura menos agressiva e mais prudente. Aécio, alvissaras, conseguiu passar um debate sem xingar uma mulher de mentirosa ou leviana. Logo ele que tinha se especializado nisso.

Os momentos mais meméticos foram quando Aécio perguntou sobre saúde a Dilma e ela lhe tascou a condenação no Tribunal de Justiça de Minas Gerais por não investir o mínimo exigido por lei na área quando era governador e leu o parecer de um procurador condenando o mau uso dos recursos. No trecho lido por Dilma, o procurador criticava o fato de o governo de Aécio ter contabilizado gastos com vacina para cavalo nas despesas do SUS.

Ministério Público vai investigar governo de Aécio Neves por fraude orçamentária na saúde

Gestão tucana teria “maquiado” prestação de contas para que o Estado atingisse o mínimo constitucional (12% da receita) em gastos com a saúde; Promotoria pede o ressarcimento de R$ 1,3 bilhão aos cofres do Estado

O Ministério Público de Minas Gerais ajuizou nesta sexta-feira (17) uma ação contra o governo do Estado por suposta “fraude orçamentária” na gestão de Aécio Neves (2003-2010) em Minas Gerais.

Três promotores assinam a peça que pede o ressarcimento aos cofres do Estado de R$ 1,3 bilhão. De acordo com a promotoria, o governo Aécio Neves “maquiou” o orçamento para que o Estado atingisse o mínimo constitucional (12% da receita) em gastos com a saúde.

O Bem Amado hoje na Rádio SOUDAQUIMANGA

Manga Notícias:
- Ministério Público vai investigar fraude na saúde em Governo de Aécio Neves em Minas Gerais.
- Fundador do PSDB, Bresser-Pereira, declara voto em Dilma Rousseff

O Bem Amado (a saga da política no Brasil)

*Você pode administrar a Rádio SOUDAQUIMANGA utilizando o “play” ou “pause” na barra superior.



A guerra é contra a redução da desigualdade

Quando Getúlio Vargas, em maio de 1954, anunciou o aumento de 100% no salário mínimo, estava dando, sem perceber, o início à sua via crucis. Houve forte oposição midiática, partidária e de setores de empresariado, em consonância com a insatisfação da minúscula classe média da época, além de militares de alta patente (lembrar do Memorial dos Coronéis). Rapidamente, do "descalabro financeiro" que a medida "certamente representaria" até o "mar de lamas da corrupção" a retórica anti-getulista só precisaria de um pequeno salto. Três meses foram o suficiente para levá-lo ao suicídio.

Para psicólogo, expressões faciais de Aécio Neves em debate mostram “desprezo” por adversária

De acordo com doutor em Psicologia da UnB, a “excessiva quantidade de microexpressões de desprezo transmite uma ideia de narcisismo, de superioridade presumida, o que não agrada ao eleitor comum”

Sergio Senna Pires é doutor em Psicologia pela Universidade de Brasília (UnB) e professor do Instituto Brasileiro de Linguagem Corporal. Atualmente, é servidor efetivo na Câmara dos Deputados como Consultor Legislativo nas áreas de Defesa Nacional, Segurança Pública e Direitos Humanos.  Além disso, Senna Pires desenvolve trabalhos acadêmicos nas temáticas de análise da mentira, linguagem corporal e regulação do comportamento por crenças e valores.

Cúpula da Rede deixa partido denunciando que ele se tornou mercadoria à venda

Sete coordenadores do Rede Sustentabilidade em São Paulo saíram do partido em protesto à adesão de Marina Silva à candidatura de Aécio Neves. São eles os coordenadores executivos Valfredo Pires e Marcelo Pilon; os coordenadores de comunicação Emílio Franco e Renato Ribeiro; os coordenadores de finanças Gérson Moura e Marcelo Saes e o coordenador de organização Washington Carvalho.

A imprensa venceu o debate

O debate entre os candidatos à Presidência da República, promovido pelo Sistema Brasileiro de Televisão (SBT), o portal UOL e a rádio Jovem Pan, no começo da noite de quinta-feira (16/10), foi uma vitória retumbante da imprensa hegemônica no Brasil.

Os dois representantes do que resta da política partidária se aproximaram muito do nível a que a mídia rebaixou o confronto republicano: a linguagem dos candidatos finalmente se alinhou com o estilo dos mais prestigiados pitbulls entre os colunistas de jornais e os mais agressivos ativistas das redes sociais digitais.

Em São Paulo piso de Professor será de R$ 3mil

O prefeito Fernando Haddad anunciou, na tarde desta sexta-feira, um projeto de lei que aumenta o piso salarial dos professores da rede municipal de ensino de São Paulo. O valor, que era de R$ 2,6 mil, passa a ser R$ 3 mil. Além disso, no fim deste mês a prefeitura abrirá 3,5 mil novas vagas na capital paulista para professores da educação infantil e ensino fundamental I. O projeto passará agora pro aprovação na Câmara dos Vereadores.

Segundo debate em frases: menos propostas e mais ataques

Aécio e Dilma trocaram farpas no debate e falaram pouco sobre propostas.

Dois dias após o primeiro encontro dos presidenciáveis no segundo turno, mais um debate entre Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) terminou com uma enxurrada de ataques entre um e outro. Agressivos, os dois trocaram acusações e insinuações o tempo todo e, de novo, trouxeram poucas propostas para discussão.

O debate da última quinta-feira exibido pelo SBT e produzido pelo canal em conjunto com Uol e Jovem Pan foi o mais curto em comparação com os outros – teve apenas 1h30 de duração em três blocos com perguntas e respostas com temas livres entre os candidatos. Tempo suficiente, porém, para que o clima esquentasse entre Dilma e Aécio no estúdio.


Norte de Minas: Temperatura supera os 39º

Norte-mineiros sofrem com os efeitos da 'bolha de calor'. Em algumas cidades a temperatura superou os 39º. Alimentação deve ser balanceada para evitar desidratação, diz nutricionista.

O calor intenso tem modificado o cotidiano das cinco maiores cidades do Norte de Minas Gerais, Montes Claros, Janaúba, Pirapora, São Francisco e Januária. E os termômetros podem subir mais ainda. Nesta sexta-feira (17), as cidades registram máxima de 39º e mínima de 14º, de acordo com o Instituto Nacional de Metereologia.

Clique na imagem e dê a sua opinião

Dê a sua opinião:

Qual a sua opinião sobre o Brasil a partir de 2015?
O Brasil vai continuar avançando no desenvolvimento econômico e em conquistas sociais
Vai haver mudanças no modelo de governo que vigorou nos últimos anos
Outro
Não sabe